STML - Desde 1977 a lutar pelos trabalhadores
Entrada
STML - Sindicato dos Trabalhadores do Município de Lisboa
Greve no Município de Lisboa da Limpeza Urbana Versão para impressão Enviar por E-mail
Terça, 24 Dezembro 2013 11:17

stml90x90stal 90x90

Nota aos Órgãos de Comunicação Social

GREVE NO MUNICIPIO DE LISBOA

 DA LIMPEZA URBANA

 

(Período Noturno do dia 23 de Dezembro)

Dados da Adesão à Greve

 

Os trabalhadores da Higiene e Limpeza Urbana da Câmara Municipal de Lisboa iniciaram hoje, às 22 horas uma greve cuja adesão foi superior a 85%, e que se prolongará até dia 5 de Janeiro, tendo como objetivos:

- Lutar contra a externalização de serviços e de atribuições e contra a privatização de serviços públicos essenciais na CML, em defesa do Serviço Público Municipal;

- Lutar pelo direito inalienável do vínculo laboral dos trabalhadores ao Município;

- Lutar contra o esvaziamento de atribuições de serviços da CML;

Estes dados, de adesão a esta greve, são demonstrativos do descontentamento dos trabalhadores destas intenções por parte do Presidente da Câmara Municipal de Lisboa.

 

VIVA A LUTA DOS TRABALHADORES DO MUNICIPIO DE LISBOA!

As Direções do STML e STAL

 
Mais uma vez STML negoceia e conquista direitos para Bombeiros Versão para impressão Enviar por E-mail
Sexta, 12 Dezembro 2014 10:42

Departamento Bombeiros STML - 162x217O Departamento de Bombeiros do STML, não "baixa os braços" nem desiste, privilegiando a resolução dos problemas pelo diálogo. É esta postura séria do STML, que é reconhecida por este e pelos anteriores executivos camarários e como prova disso mesmo, são as últimas reuniões tidas com o Vice-presidente, Dr. Fernando Medina, que ocorreram nos dias 5 e 10 de Dezembro, com o objetivo de resolver definitivamente algumas situações, que já constavam da acta da reunião de 10 de Junho, mas que careciam de resoluções definitivas dando origem às convulsões das últimas semanas no RSB. Junta-se a acta da reunião como prova do que aqui se afirma:

      1. Pagamento pelo desempenho nos postos superiores, (mobilidade intercategorias) e cursos de promoção:

Compromisso da CML, de dar início, já em Janeiro de 2015, à formação necessária, por forma a satisfazer as duas situações. Assim sendo, a formação que vier a ser ministrada para além de ter como objetivo os procedimentos concursais na carreira, servirá também para efeitos de mobilidade intercategorias, e terá um número de horas reduzido.

Fica acordado que, quem neste momento desempenha funções nos postos superiores, será pago de acordo com a função que desempenha imediatamente a seguir à conclusão da aquisição destas competências.

Continuar...
 
Pedidos de Mobilidade intercarreiras e intercategorias Versão para impressão Enviar por E-mail
Sexta, 15 Dezembro 2017 19:15

cml04-150x100A CML, através da Direção Municipal de Recursos Humanos (DMRH), iniciou os procedimentos com vista aos pedidos de mobilidades dos trabalhadores que reúnam as condições nesse sentido. Alguns dos compromissos assumidos entre a DMRH e o STML expressam-se agora nos vários passos deste processo, nomeadamente a consideração de outros critérios de avaliação para a aceitação do pedido de mobilidade que não passe apenas pela realização de uma entrevista (de caráter exclusivamente subjetivo). A título de exemplo, o tempo de serviço em funções na carreira para a qual se pretende a mobilidade é agora considerado.

Continuar...
 
A precariedade não serve ninguém! Versão para impressão Enviar por E-mail
Terça, 20 Dezembro 2016 10:00

Precariedade nao e para ninguemNo âmbito da Campanha contra a Precariedade entre os dias 13 e 19 de Dezembro, STML e STAL desenvolveram um conjunto de ações junto da população, comerciantes e trabalhadores com vista à denúncia de vínculos precários nas Juntas de Freguesia de Santa Clara, Benfica, Olivais, Estrela, Belém e Santa Maria Maior.

 

Porque nestas Juntas de Freguesia existem trabalhadores na corda bamba!

 

Trabalham todos os dias, cumprem horários de trabalho predefinidos e estão sujeitos às mesmas orientações superiores que os restantes, mas encontram-se numa relação diferente, mais negativa, insegura e instável.

Referimo-nos aos trabalhadores com vínculo precário – a recibos-verdes, em estágios profissionais, contratos a termo, ou sazonais, ou ainda ao abrigo dos contratos emprego-inserção.

 

Um vínculo precário = Uma vida a prazo!

 

Se já não bastasse estarem numa situação de fragilidade, os trabalhadores com vínculo precário são habitualmente chamados a fazer o trabalho que mais ninguém faz, sujeitos a constantes ameaças se não o fizerem, correndo o risco de perderem a sua fonte de rendimento que lhes permite, sempre mal, organizar e viver a sua vida!

Continuar...
 
Bombeiros Sapadores de Lisboa - Greve de 19 de Dezembro a 02 Janeiro Versão para impressão Enviar por E-mail
Segunda, 17 Dezembro 2018 11:21

Greve inicia-se a partir das 20h00 do dia 18 de Dezembro e prolonga-se até às 00h00 de dia 02 de Janeiro

RSB logo

  

As viaturas de socorro operarão com a sua dotação de meios humanos completa.

 

Integram também a definição dos serviços mínimos as seguintes atividades de apoio ao socorro:

a. Comunicação / transmissões;
b. Logística para o apoio à intervenção de socorro;
c. Escrituração relativa ao socorro.

A obrigação da prestação dos serviços mínimos será assegurada sempre e só quando sejam insuficientes, para o efeito, os trabalhadores que não hajam aderido à greve.

 

Tabela de serviços mínimos, abaixo:

Continuar...
 
<< Início < Anterior 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 Seguinte > Final >>

Pág. 11 de 190