STML - Desde 1977 a lutar pelos trabalhadores
Entrada
STML - Sindicato dos Trabalhadores do Município de Lisboa
Aos Trabalhadores da EGEAC Versão para impressão Enviar por E-mail
Segunda, 03 Abril 2023 14:13

EGEAC logo1O processo de negociação salarial anual mantêm-se de pé!

Seguindo as orientações do Governo para a Administração Pública, a administração da EGEAC informou o STML que irá atualizar o subsídio de refeição dos trabalhadores para 9,6€, com efeitos a partir do mês de abril, além da atualização dos salários em 52€ e 2% para as remunerações acima de 2.600€, com efeitos a janeiro deste ano.


Relembramos que as orientações do Governo para o sector Empresarial Público do Estado, aplicam-se onde não existem instrumentos de contratação coletiva. Ora, a EGEAC não se enquadra nestes parâmetros, já que existe um Acordo de Empresa (AE) desde 2009, que inclusive prevê e regulamenta em termos anuais o processo de negociação salarial.

Continuar...
 
Trabalhadores do Complexo de Marvila exigem respostas urgentes aos seus problemas! Versão para impressão Enviar por E-mail
Quarta, 24 Janeiro 2018 10:29

CAPA - 24 Janeiro - entrega abaixo assinado - complexo marvilaNo âmbito do plenário convocado pelo STML, os trabalhadores do Complexo de Marvila concentraram-se hoje, dia 24 de Janeiro nos Paços do Concelho. O objetivo desta ação de denúncia e protesto passou pela entrega ao Presidente da CML de um abaixo-assinado exigindo a resolução dos problemas que os atingem nos seus direitos, concretamente no plano das suas condições de trabalho. Neste local de trabalho, operando no período diurno e noturno, laboram aproximadamente 60 trabalhadores no desempenho de várias funções, maioritariamente conotadas à Limpeza Urbana (remoção de resíduos sólidos).

Continuar...
 
Caderno Reivindicativo dos Espaços Verdes da CML 2018 Versão para impressão Enviar por E-mail
Quinta, 18 Janeiro 2018 11:54

Caderno reiv. espacos verdesO STML, através dos seus Dirigentes entregou a 18 de Janeiro, ao Gabinete da Presidência da CML, o respectivo Caderno Reivindicativo.

Aguardamos agora que o Executivo Municipal se pronuncie sobre o mesmo, procurando e respondendo aos inúmeros problemas que afectam os trabalhadores do Sector dos Espaços Verdes.

 

Consultar aqui o Caderno Reinvindicativo dos Espaços Verdes.

 

 

 
Aos Trabalhadores da CML Versão para impressão Enviar por E-mail
Segunda, 27 Março 2023 09:13

Edif. municipalSTML reúne com a Direção Municipal dos Recursos Humanos (DMRH)

 

Por solicitação do STML, realizou-se a 24 de março uma reunião com a DMRH. Da ‘ordem de trabalhos’ previamente enviada pelo Sindicato, debateram-se os seguintes assuntos.

Pagamento às Ordens Profissionais

Considerando ser esta uma reivindicação com alguns anos que, apesar das boas intenções até agora demonstradas, carece ainda de resolução efetiva, o STML voltou a relembrar as palavras do Vice-presidente da autarquia que em março de 2022 considerou tratar-se de uma boa forma de valorizar os quadros técnicos da autarquia. Passado um ano, a DMRH continua a recolher elementos sobre o universo concreto de trabalhadores que poderão ser abrangidos, além do melhor enquadramento jurídico que fundamente e possibilite a concretização deste pagamento. Cabe ao Executivo concretizar esta justa pretensão destes trabalhadores que, do ponto de vista financeiro, é perfeitamente exequível. Apesar do caminho percorrido até agora, o STML equaciona durante o mês de abril debater esta matéria com os trabalhadores, propositando a resolução desejada e definitiva deste assunto.

Continuar...
 
STML reúne com o Conselho de Administração da EGEAC - Concessão do Maria Matos Teatro Municipal Versão para impressão Enviar por E-mail
Quinta, 18 Janeiro 2018 10:10

Teatro Maria MatosNo dia 17 de Janeiro o STML reuniu com o CA da EGEAC procurando descortinar os vários assuntos envolvendo os trabalhadores do Maria Matos Teatro Municipal (MMTM) face à intenção da tutela (CML) que, pela Vereadora Catarina Vaz Pinto anunciou em Dezembro último, através da comunicação social, a abertura de concurso para uma gestão privada deste equipamento cultural. Objetivo que, refere, deverá ser concretizado ainda em Janeiro deste ano.

Em termos gerais, o STML desde logo manifestou a sua discordância pela política de concessão de equipamentos públicos a entidades privadas, prática que não garante a prestação de um serviço público de qualidade e passível de escrutínio. No caso concreto do MMTM, e após uma década de investimento público associado a uma formação constante e específica dos seus trabalhadores (adaptada ao espaço e em consonância com o investimento referido), não se entende e muito menos se aceita que agora se proceda à entrega a privados a sua exploração e rentabilização. Obviamente, os encargos com a manutenção do Teatro e as suas despesas correntes, ao que tudo indica, ficarão a cargo da EGEAC/CML. No horizonte, portanto, um apetecível negócio.

Continuar...
 
<< Início < Anterior 181 182 183 184 185 186 187 188 189 190 Seguinte > Final >>

Pág. 189 de 194